fbpx
O que é Google AMP e por que implementar no seu site

Um dos fatores mais importantes para o ranqueamento de conteúdo nos motores de busca é o carregamento das páginas. Por isso, existem diversas orientações e ferramentas para melhoria da performance do site. Uma dessas ferramentas é o AMP do Google. Mas o que é Google AMP?

Neste artigo, você vai conhecer uma arquitetura inteligente desenvolvida por grandes mentes da tecnologia. Com esse sistema, você pode melhorar o desempenho do seu site e realizar mais negócios na internet. Confira!

O que é Google AMP?

Já faz alguns anos que o mercado digital revolucionou a experiência de compra. E uma nova era nasceu a partir do uso de smartphones, com uma dinâmica totalmente nova e soluções sem precedentes.

Dessa forma, o usuário passou não só a dedicar mais tempo na internet, mas também no celular. Assim, a fim de otimizar ainda mais o ecossistema dos conteúdos na internet, aumentou a importância do tempo de carregamento das páginas.

A velocidade de carregamento de um site é um item imprescindível e importante fator de SEO e ranqueamento nos motores de busca. Portanto, precisa ser considerado com atenção.

Uma solução interessante para garantir um carregamento acelerado das páginas de um site é manter uma base simplificada de códigos. Essa é a lógica do Google AMP, proposta em 2015 pelo Google e outras grandes empresas, como Linkedin, Pinterest e Twitter.

No entanto, essa solução tem um foco bem claro: dispositivos móveis. Entenda mais a seguir.

Arquitetura do Google AMP

AMP é a sigla para Accelerated Mobile Pages (Páginas aceleradas para dispositivos móveis, em tradução livre). Portanto, fica claro que esse sistema beneficia o carregamento de páginas em smartphones e outros dispositivos mobile.

Basicamente, a ideia é facilitar todo o processamento dos conteúdos da internet para carregarem quase imediatamente em mobiles. Para isso, esse sistema de código aberto combina três frentes com foco de otimização:

  • HTML: linguagem estrutural das páginas da internet em que os códigos AMP substituem algumas linhas de programação;
  • Java Script: linguagem de programação de conteúdos dinâmicos que também passam a operar códigos do AMP;
  • Cache: base de dados do AMP com a finalidade de evitar reprocessamentos dos códigos.

Por que implementar Google AMP no meu site?

Se agora está claro o que é Google AMP, fica fácil compreender por que essa ferramenta pode ser fundamental para os negócios na internet.

Afinal, os motores de busca priorizam alguns fatores na hora de ranquearem páginas para uma palavra-chave e, como já dissemos, a velocidade de carregamento é um deles.

Mas não é só isso que representa o potencial de configurar o AMP nas páginas da sua empresa. Veja mais algumas razões para começar a fazer isso imediatamente.

Os smartphones são o futuro da internet

Conforme o tempo passa e as tecnologias vão ficando cada vez mais sofisticadas, fica claro que a internet do futuro será móvel. Por isso conceitos como Internet das Coisas, hipermobilidade e omnichannel são tão importantes.

Assim, as vantagens estarão do lado de quem se preparar para esse mundo ultraconectado, em que o controle remoto de tudo estiver no bolso das pessoas.

Recursos cada vez mais simples

Por se tratar de um sistema de código aberto, qualquer pessoa interessada pode participar do desenvolvimento do AMP. E isso tem tornado o acesso a esses recursos cada vez mais fácil.

Com várias cabeças pensando juntas, as soluções vão se tornando mais acessíveis até para quem não entende.

Um exemplo simples é a facilidade de configurar o AMP em sites feitos com WordPress. Basta instalar um plugin e seguir as orientações que o programa faz tudo praticamente sozinho, sem necessidade de grandes conhecimentos.

AMP afeta o design das páginas

Quando pensamos em simplificação de códigos, estamos sujeitos a afetar o design do site. Por isso, é fundamental entender um pouco sobre que acontece com o processamento dos códigos, para garantir a identidade das páginas.

Assim, outra vantagem do AMP é que o sistema oferece base para toda a internet quando o assunto é otimização do carregamento. Sendo uma arquitetura de código aberto, a ferramenta evolui de uma maneira que contribui inclusive com o design.

Desse modo, é possível assegurar a melhor experiência do usuário sem perder qualidade em outros detalhes fundamentais do seu negócio.

Gostou desse post? Cadastre-se em nossa newsletter para receber nossos conteúdos.

O que é Google AMP e porque implementar no seu site
Tags:             
WhatsApp chat